YorkTest | Nº1 em Intolerância alimentar na Europa
YorkTest | Nº1 em Intolerância alimentar na Europa

Pesquisa

Como tratamos o seu teste FoodScan e Food&DrinkScan

Como tratamos o seu teste FoodScan e Food&DrinkScan

A sua amostra de sangue é manuseada e testada, pelos nossos qualificados e treinados cientistas, no Laboratório YorkTest. Cada teste utiliza a tecnologia ELISA (Enzyme Linked Immuno-sorbent Assay; enzima ligada ao ensaio imunossorvente) para detectar no sangue os anticorpos IgG a alimentos específicos (veja abaixo). O método ELISA é usado frequentemente em laboratórios hospitalares. Esta técnica tem mostrado ser altamente reprodutível para medir anticorpos com importância clínica. Os testes são fabricados nas nossas instalações e são exclusivos da YorkTest. Temos vindo a fornecer estes testes de diagnóstico desde 1982.

Processo Passo-a-Passo:

  1. Quando a sua amostra chega ao nosso laboratório, digitalizamos o código de barras da sua carta assinada para identificar formalmente sua amostra. Este código é então inserido no sistema informático do laboratório.
  2. A sua amostra de sangue é removida a partir do filamento e preparada para o ensaio. Durante todo o processo laboratorial, a amostra é verificada em 7 etapas fundamentais, antes de lhe enviarmos o resultado final.
  3. O processo ELISA leva cerca de 2 ½ horas e meia a ser concluído e consiste numa série de passos cuidadosamente realizados pela nossa qualificada equipa de laboratório. As placas de ELISA são pré-preparadas de um processo complexo, em que concentrações críticas de extractos purificados de alimentos são imobilizados sobre a superfície dos micro-poços de poliestireno (placas ELISA). Para proteger os extractos alimentares instáveis e evitar resultados falso positivos, os micro-poços são então revestidos com uma camada de polímero estabilizador, o qual é seco em cima dos extractos alimentares.
  4. A medição dos níveis dos anticorpos do alimento depende da capacidade dos anticorpos dos alimentos presentes na sua amostra de sangue se ligarem especificamente aos extractos de alimentos presentes na placa ELISA. Depois dos anticorpos se terem ligado aos extractos dos alimentos, as placas ELISA são lavadas para remover anticorpos não ligados e outros constituintes do sangue.
  5. Os anticorpos alimentares são então detectados usando um anticorpo secundário que é quimicamente marcado com uma enzima. A enzima faz com que a cor se desenvolva. A intensidade da cor obtida é uma indicação precisa da concentração original de anticorpos IgG a alimentos específicos, na sua amostra de sangue.
  6. No final do processo, os resultados são lidos utilizando um descodificador de cor (espectrofotometria), ligado a um computador. Se o teste passar todos os controlos de qualidade, os resultados são então analisados e convertidos, utilizando padrões calibrados de referência para anticorpos exclusivos da YorkTest, numa pontuação para cada alimento; 0 (sem reacção) , 0,5 (no limite) , 1 , 2 , 3 ou 4 (reacções positivas). Estes resultados aparecem no gráfico de resultados (A4). Nós só entregamos os resultados quando estamos completamente satisfeitos com a precisão dos mesmos.
  7. Finalmente os resultados do teste e toda a informação adicional são enviados para o cliente, para que possa começar a alterar a sua dieta com a Nutricionista, o que esperamos possa ser o princípio de uma vida mais saudável e mais feliz!